VACINA CONTRA COVID-19: O QUE PRECISO SABER?

Prezados Associados:

O SINDIMETAL/PR compartilha informações prestadas pelo Sesi-PR sobre a vacina contra a Covid 19.

  • Quem já pegou Covid-19 pode tomar a vacina?
  • Posso ter algum efeito colateral após tomar a vacina?
  • Quem tomar a vacina contra a covid-19 também deve se vacinar contra a gripe em 2021?

Estas e outras dúvidas são respondidas no texto abaixo, que também pode ser acessado no link VACINA CONTRA COVID-19: O QUE PRECISO SABER? – Sesi – Informações SST (sesipr.org.br)

Boa Leitura.

VACINA CONTRA COVID-19: O QUE PRECISO SABER?

Publicado em 25/02/2021

  • Quem já pegou Covid-19 pode tomar a vacina?

Sim. A vacinação deve ser oferecida a pessoas elegíveis independentemente de terem histórico de infecção anterior sintomática ou assintomática por SARS-CoV-2. A vacinação de pessoas com infecção atual conhecida por SARS-CoV-2 deve ser adiada até que a pessoa tenha se recuperado da doença aguda (se a pessoa apresentava sintomas) e até que os critérios  para interromper o isolamento sejam atendidos. Esta recomendação se aplica a qualquer vacina. Além disso, se uma pessoa foi infectada nos últimos 90 dias, ela pode adiar a vacinação para depois desse período.

  • Posso ter algum efeito colateral após tomar a vacina?

A maioria das pessoas não apresenta problemas graves após a vacinação. No entanto, no dia da aplicação, o braço pode ficar dolorido, vermelho ou quente ao toque. Esses sintomas geralmente desaparecem em uma semana sem necessidade de intervenção. Algumas pessoas relatam dor de cabeça ou febre ao tomar a vacina. Esses efeitos colaterais são um sinal de que o sistema imunológico está fazendo exatamente o que deveria fazer. Está funcionando e aumentando a proteção contra a doença.

  • Qual marca de vacina devo tomar? E quantas doses preciso tomar?

Todas as marcas disponíveis no Brasil tiveram o aval de utilização da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), consequentemente a eficácia e segurança avaliadas pelo órgão. Diante disso, qualquer uma das vacinas disponibilizadas para uso podem ser tomadas.

As vacinas disponíveis atualmente no estado do Paraná são:

  • Coronavac (Instituto Butantan/China)
  • Astrazeneca/Oxford (Fio Cruz/ Reino Unido)
  • Ambas devem ser aplicadas em 2 duas doses, sendo:
  • Coronavac: duas doses com intervalo de 14 dias entre as doses.
  • Astrazeneca/Oxford: duas doses com intervalo de 2 a 14 semanas entre as doses.
  • É possível uma vacina causar a covid-19?

Não. Nenhuma das vacinas em fase avançada de desenvolvimento usa o vírus Sars-CoV-2 de forma atenuada, o que seria a única possibilidade, ainda que remota, de haver reversão para a forma ativa, contaminando a pessoa vacinada.

  • Mesmo vacinada, existe a possibilidade de uma pessoa ser infectada e transmitir a covid-19?

É uma possibilidade. Os testes das vacinas focaram na capacidade de evitar que as pessoas adoeçam com a covid-19. Até o momento, a capacidade de impedir a infecção não está sendo avaliada pela maioria dos testes clínicos, pois demanda mais tempo e esforços. Portanto, ainda não se sabe se uma pessoa vacinada que seja infectada poderá transmitir o Sars-CoV-2 de forma assintomática.

  • Preciso usar máscara após ser vacinado?

Todos, mesmo que vacinados, ainda terão que usar máscara e manter o distanciamento social por um bom tempo, até ocorrer uma redução drástica dos casos de covid-19. Isso se faz necessário porque, em um primeiro momento, apenas parte da população será vacinada. Além disso, não se sabe se as vacinas vão conseguir impedir a transmissão e tirar o novo coronavírus de circulação ou se apenas impedirão que as pessoas vacinadas adoeçam.

  • Quem tomar a vacina contra a covid-19 também deve se vacinar contra a gripe em 2021?

Sim, a vacina da covid-19 não protegerá contra a Influenza e, tampouco, a vacina da gripe protegerá contra a covid-19, pois se tratam de vírus totalmente diferentes. A vacina da gripe, que já está prevista no calendário nacional de vacinação, protege contra os vírus H1N1, H3N2 e Influenza B.

Lembrando que deve existir um intervalo de 14 a 30 dias entre a aplicação das vacinas.

  • Devo me vacinar contra a covid-19?

Sim, desde que não haja contraindicações para sua saúde, tais como as listadas pelo Ministério da Saúde:

  • Pessoas menores de 18 anos de idade
  • Gestantes
  • Pessoas que já apresentaram uma reação anafilática confirmada a uma dose anterior de uma vacina contra covid-19
  • Pessoas que apresentaram uma reação anafilática confirmada a qualquer componente da(s) vacina(s)

 A vacinação está entre os instrumentos de maior impacto positivo na saúde pública em todo o mundo, contribuindo de forma inquestionável para a redução de mortalidade e o aumento da qualidade e da expectativa de vida. No caso das vacinas contra a covid-19, são o meio de controlar a pandemia pela qual o mundo vem passando desde março de 2020. Ou seja, vacinar-se, além de proteger o seu organismo contra o novo coronavírus, é sinônimo de proteção coletiva.

Escrito por, Rafael Augusto Iagher, Farmacêutico e Bioquímico, Analista Segurança e Saúde do Sesi no Paraná.

Fonte: CDC ( Centers for Disease Control and Prevention)