REUNIÃO CONJUNTA ENTRE GRH E GEST TRAZ DEBATE SOBRE O PAPEL ESTRATÉGICO DO PREPOSTO EM AUDIÊNCIAS E PERÍCIAS TRABALHISTAS

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Comparecer a audiências e defender os interesses da empresa em assuntos trabalhistas é tarefa que deve ser exercida pelos representantes legais da empresa – seu presidente ou sócios-diretores. Porém, devido às demais responsabilidades do dia-a-dia, nem sempre é possível sua presença nas audiências, fato que enseja a necessidade de atuação do preposto trabalhista. Mas, qual é exatamente o papel do preposto trabalhista e quem seria a melhor pessoa para assumir essa função na empresa?

Essas e outras perguntas foram respondidas pelo advogado e engenheiro de segurança do trabalho, Rodrigo Meister de Almeida, convidado pelo SINDIMETAL/PR para falar sobre o tema durante a reunião conjunta do Grupo de Recursos Humanos (GRH) e Grupo de Estudos em Segurança no Trabalho (GEST) do SINDIMETAL/PR, realizada na última quarta-feira (18-07-2018), na sede do sindicato.

Rodrigo Meister de Almeida trouxe assuntos como: a atuação e o papel do preposto em audiências, a postura que deve ser adotada pelo profissional, a dinâmica da audiência, questões que podem ser formuladas numa perícia, entre outros.

O preposto trabalhista, de acordo com Rodrigo, é o cérebro e a voz do empregador. Pode ser ele o profissional responsável pelo RH, um empregado que tenha conhecimento da rotina de trabalho da empresa, ou até mesmo alguém contratado para esta função. Uma vez nomeado, esse profissional deve ter consciência da importância e responsabilidade do seu trabalho para minimizar os impactos da ação trabalhista para a empresa, e deve trabalhar em conjunto com o advogado.

Atualmente, a nova legislação trabalhista permite a nomeação de um preposto sem qualquer vínculo empregatício. Mas, isso pode representar uma ameaça para a organização. “Se o profissional desconhece a gestão, a rotina de trabalho da empresa e do reclamante, do processo trabalhista e dos fatos envolvidos na ação, como será capaz de contribuir no processo?”, questiona o advogado.

Durante a palestra Rodrigo apresentou, ainda, algumas dicas de como se preparar tanto para audiência trabalhista, quanto para uma perícia na empresa, destacando a importância do entendimento sobre a estratégia da defesa. Além disso, mencionou a importância da convicção e do uso de respostas curtas e objetivas, enfatizando a necessidade de adotar-se uma postura adequada.

“E lembre-se sempre: trabalho em equipe é fundamental para o sucesso no processo”, finaliza o advogado.

 

Opinião dos participantes

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Os participantes que compareceram à reunião teceram muitos elogios sobre a palestra de Rodrigo Meister.

Gerson Gonçalves, coordenador de RH da empresa FGVTN, parabenizou a iniciativa do SINDIMETAL/PR em trazer um tema de grande importância para as empresas. “O SINDIMETAL/PR sempre traz temas interessantes e importantes, que auxiliam na rotina dos profissionais de RH e Segurança do Trabalho. Saber o que dizer e como se comportar em uma audiência ou perícia fará toda a diferença na decisão do juiz. Por esta razão, estar preparado para representar a empresa é essencial. A palestra foi ótima”, salienta Gerson.

O técnico de segurança do trabalho da empresa Metal Company, Fábio Mattos, considerou excelente a palestra: “As explicações trazidas pelo Rodrigo, para mim que sou técnico em segurança do trabalho, foram valiosas. Muitas vezes estamos em uma perícia e acabamos cometendo alguns deslizes, não por falta de conhecimento, mas às vezes por inexperiência ou falta de preparo adequado para enfrentar a perícia. Portanto, todo o conteúdo transmitido durante a apresentação, com certeza, irá enriquecer muito o nosso trabalho numa próxima perícia ou ação trabalhista. Excelente palestra”, declara.

Já Delourdes Amorim Knebel, gerente administrativa da empresa Engemoldes, classificou como excelente a forma do palestrante explicar sobre o preposto trabalhista. “Primeiramente, gostaria de parabenizar o SINDIMETAL/PR por trazer temas e palestrantes que nos preparam para ocasiões como esta. Se eu tivesse participado de uma palestra tão enriquecedora como a do Rodrigo há uns dois anos, certamente, teria evitado alguns problemas em relação a perícias e ações. Essa palestra só veio enriquecer nossos conhecimentos sobre o tema”, finaliza.