SINDIMETAL/PR COMEMORA 60 ANOS DE ATUAÇÃO COM PALESTRA DE RICARDO AMORIM E HOMENAGENS AOS PRESIDENTES DA ENTIDADE

Evento reuniu 100 pessoas, entre industriais e presidentes de instituições parceiras

Solenidade que reuniu 100 pessoas na noite desta quinta-feira (28-11) na sede do SINDIMETAL/PR. A celebração dos 60 anos foi marcada por homenagens àqueles que construíram a história da entidade ao longo desse período e contou com a palestra do renomado economista Ricardo Amorim, apresentador do programa “Manhattan Connection”, da Globo News.  A cerimônia reuniu industriais, representantes de sindicatos do Estado e contou com a presença do presidente da Federação das Indústrias do Paraná, Carlos Valter Martins Pedro. Também esteve presente José Antonio Fares, superintendente do SESI/SENAI/IEL.

PALESTRA ABRE CERIMÔNIA

A palestra do economista Ricardo Amorim, que teve como tema “Preparando-se para a Aceleração da Economia”, deu início à cerimônia de aniversário. Durante sua apresentação ele discorreu sobre as expectativas, possibilidades e desafios previstos para a economia nos próximos anos. Ao final da sua apresentação, Ricardo comentou sobre a perspectiva de um futuro próspero para a economia brasileira.

“Em curto prazo devemos passar pelas reformas administrativas, tributária, a nova rodada da reforma trabalhista e pela desburocratização que o governo atual está atacando. E a outra possibilidade, que deve ser analisada com muito cuidado, é o processo de abertura da economia brasileira e de colocar o país na economia mundial, reduzindo custos de produtos no Brasil e aumentando a troca de tecnologia com o restante do mundo. Onde acho que não estamos avançando é na educação. O governo não está preparando os brasileiros para toda essa transformação tecnológica. Isso é muito complicado e o que mais me causa medo, pois, estamos com um número grande de desempregados e não qualificados para ocuparem as vagas que estão sendo liberadas. No caso de TI isso já é uma realidade. Essa, na minha opinião, é a nossa verdadeira batalha”, finaliza.

ABERTURA OFICIAL DO EVENTO

Abrindo a cerimônia oficial das festividades de aniversário, subiu ao palco o presidente da Federação das Indústria do Estado o Paraná, Carlos Valter Martins Pedro. O atual presidente da FIEP parabenizou o SINDIMETAL/PR e desejou muitas conquistas e sucesso para a diretoria.

“É um prazer muito grande estar aqui e dizer que a história dos SINDIMETAIS no Estado nasceu nessa casa. Portanto, quero deixar os meus cumprimentos e reconhecimento a cada industrial, ao SINDIMETAL/PR e a sua diretoria pelo trabalho realizado nesses anos e deixar a Federação à disposição. A Federação existe para servir às indústrias e aos sindicatos a ela associados e é isso que iremos fazer. Contem conosco”, finaliza.

Na sequência, o presidente do SINDIMETAL/PR, Alcino de Andrade Tigrinho, anfitrião da noite, agradeceu a presença de todos e, antes de iniciar o seu discurso, bateu com uma marreta na bigorna que foi colocada no palco, explicando, a seguir, os motivos da atitude.

“Este gesto do martelar em uma bigorna nos remete aos idos de 1880. O SINDIMETAL não nasceu há 60 anos; surgiu devido ao sonho de um artesão em transformar o ferro em algo utilizável usando o fogo, o calor, um martelo e uma bigorna para moldar o seu ferro. Nós continuamos com esse sonho e convidamos os senhores a se associarem ao nosso sindicato e participarem da vida dessa casa. Porque só assim é que vamos chegar ao melhor resultado para nossas indústrias. Nos idos de 1940 surgia a Associação Sindicato Patronal das Indústrias do Ferro e outros Metais do Paraná, que posteriormente teve seu registro como sindicato. A associação surgiu pela necessidade dos empresários da época de se reunirem para juntos buscarem os ideais comuns. E, se a indústria do Paraná hoje é pujante e representativa, não é trabalho de agora. Foi devido a um somatório de pequenas ações de visionários que deixaram de pensar no “Eu” para pensar no “Nós””, disse.

Em seu discurso, Tigrinho agradeceu o emprenho das empresas que participam ativamente do SINDIMETAL/PR.

“Ao chegarmos nesse momento de festa, eu só tenho a agradecer todas as empresas associadas a esta casa. Hoje, ao saírem daqui, espero que os senhores saiam orgulhosos e satisfeitos, pois, cada um de vocês colocou um tijolo nessa estrutura. E cada centavo arrecadado por essa casa foi, está, e será sempre muito bem investido. E é como dizemos sempre: o fardo é pesado e podemos ir mais rápidos sozinhos. Entretanto, juntos iremos muito mais longe”, finaliza.

HOMENAGENS

Após a declaração de Tigrinho, o SINDIMETAL/PR prestou homenagens aos ex-presidentes da entidade, que auxiliaram na tarefa de manter o SINDIMETAL/PR como uma das entidades patronais mais representativas do Estado. Os ex-presidentes homenageados, e que foram fundamentais para o sucesso do sindicato, foram:

  • João de Oliveira Franco Filho (in memorian) representado por seu filho, Hilton de Oliveira Franco.
  • Gilberto Borges (in memorian) representado por seu filho, Iraci da Silva Borges, e pelas netas Tatiana e Gabriela Borges;
  • Luiz Antonio Borges (in memorian) representado pela viúva, Patrícia D’Oliveira, e pelas filhas Tatiana e Gabriela Borges;
  • Elcio José Rimi, que em razão de compromissos anteriormente assumidos não pode comparecer ao evento.
  • Roberto Sotomaior Karam.

MOMENTO EMOCIANTE DA CERIMÔNIA

Durante a cerimônia houve momentos de emoção. O presidente do SINDIMETAL/PR emocionou-se ao relembrar a trajetória do sindicato e os ensinamentos transmitidos pelos ex-presidentes Luiz Antonio Borges (in memorian) e Roberto Sotomaior Karam.

“O Borginho (Luiz Antonio Borges), como nós carinhosamente o chamávamos, foi a pessoa que me preparou, ao longo de 08 anos de vice-presidência do Karam, para assumir este cargo. Ao falecido Luiz guardo muito respeito e agradecimento”.

“O ex-presidente Karam foi uma pessoa que marcou muito a minha vida. Tive o prazer de trabalhar e o vê-lo governador do Rotary. E no Rotary aprendemos a servir. Foi isso que você mais fez ao longo dos seus 08 anos à frente do sindicato. Foram duas administrações. E alguém que larga do seu “eu” para atender ao “nós”, merece todas as nossas homenagens. Muito obrigado, Karam”, finaliza.

Nos momentos finais da cerimônia a empresa associada Maringá Tecnologia em Cabeçotes, representada pelo senhor Rogério Nonato, entregou ao presidente Tigrinho  uma placa alusiva à passagem dos 60 anos do SINDIMETAL/PR.

Tigrinho leu a inscrição da placa aos presentes:

“A Maringá Tecnologia em cabeçotes parabeniza o SINDIMETAL/PR pelo excelente e reconhecido trabalho desenvolvido em prol do setor automotivo ao longo dos seus 60 anos de existência. Nos sentimos honrados em fazer parte dessa história e em podermos, juntos, nesta data tão especial, agradecer a parceria que tanto nos fortalece. Curitiba, 30 de novembro de 2019. Maringá Soldas”.

O presidente Alcino de Andrade Tigrinho também foi homenageado, em ato surpresa, durante a cerimônia. Das mãos do presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná, Carlos Walter Martins Pedro, foi entregue a Tigrinho uma placa em celebração aos 60 anos do SINDIMETAL/PR com a seguinte inscrição:

“Todo grande sucesso é fruto primeiro de um sonho e depois de muito trabalho. Nos 60 anos do SINDIMETAL/PR, a indústria metalmecânica faz uma justa homenagem à sua dedicação para edificação da nossa história. Diretoria do SINDIMETAL/PR. 30 de novembro de 2019.”

Após a celebração, foi servido um jantar aos convidados no átrio da sede entidade.