REUNIÃO DO GRUPO DE RH DO SINDIMETAL/PR TRAZ PARA DEBATE O TEMA “PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS”

No dia a dia das organizações, muitos gestores buscam maneiras de motivar seus colaboradores, de forma a impulsionar positivamente os negócios. Dentre os diversos fatores que promovem esse envolvimento e, consequentemente, o aumento da produtividade, está o Plano de Cargos e Salários, adotado por algumas empresas.

Sabendo disso, podem surgir dúvidas sobre como e quando elaborar um plano desses na empresa e que benefícios oferecer aos empregados para reter os talentos da organização. Essas questões foram respondidas durante a reunião do Grupo de RH do SINDIMETAL/PR, realizada no dia 11 de abril, na sede da entidade.

Para tratar do tema o sindicato convidou o consultor e coaching André Luis de Carvalho Ramos, sócio da empresa AB Ramos  que, na ocasião, contextualizou sobre o Plano de Cargos e Salários, apresentou uma análise sobre o ranking mundial de salários fazendo um comparativo entre o Brasil e outros 74 países, e explicou como elaborar uma tabela salarial, observando a classificação dos cargos e indicando qual a porcentagem de diferença salarial entre as faixas.

André mostrou, ainda, as etapas para colocar em prática o plano nas empresas e as premiações mais adotadas para a valorização dos trabalhadores.

Segundo André, para que a empresa consiga reter talentos é preciso observar alguns fatores na elaboração do plano, entre eles: o plano precisa ser, de fato, motivador para os empregados, contar com recompensas quantificáveis e valorizar o trabalho, a dedicação e o esforço pessoal do colaborador.

Participaram do evento cerca de 30 representantes das empresas associadas ao  SINDIMETAL/PR