Principal
Quem somos
Artigos
Clipping
Últimas Notícias
Jornal do Sindimetal
Vídeos 
Feiras
Eventos
Agenda
Programas
Sistema da Qualidade
Associe-se
Empresas Associadas
Convenções Coletivas
Fale Conosco
Localização
Downloads
Acesse seu Parlamentar
Emissão de Boletos

NOTÍCIA - Sindimetal/PR

1/11/2013
“Indústria metalmecânica discute destinação de resíduos”
Empresários têm até 29 de janeiro para apresentar proposta de logística reversa ao governo do Estado


Orsi, Tigrinho, Martins Pedro e Dudas, durante entrevista coletiva no Sindimetal, em Londrina

Representantes das indústrias metalmecânicas da região participaram ontem à noite de um simpósio sobre logística reversa em Londrina. Até 29 de janeiro, conforme acordo entre empresários e governo, o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico (Sindimetal) deverá apresentar à Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) uma proposta de logística reversa para o setor.

Segundo a lei federal que instituiu a política nacional de resíduos sólidos (12.305, de agosto 2010), depois de não servirem mais ao consumidor, os produtos precisam retornar ao vendedor ou fabricante para reaproveitamento ou destinação correta. E esse é um dever compartilhado por vários atores, desde o fabricante até o consumidor, incluindo o serviço público de limpeza

O industrial Carlos Walter Martins Pedro, presidente do Sindimetal de Maringá, explica que a responsabilidade do empresário pelo que produz passará a ser muito maior após a implantação da política estadual de logística reversa. "Eu, por exemplo, fabrico bombas hidráulicas e válvulas e vendo para todo o País. Se amanhã ou depois aparece um produto meu num terreno baldio no Pará, eu serei responsável", afirma.

De acordo com ele, todo material que sua empresa produz tem viabilidade econômica depois de usado. Os ferros-velhos, por exemplo, são interessados diretos nas bombas e válvulas descartadas. "Precisamos definir qual a melhor destinação. É isso que estamos começando a fazer agora", declara. Ele afirma que o setor já tem custos expressivos com a destinação dos resíduos da produção. "Pagamos para dar uma destinação correta, por exemplo, ao óleo de usinagem que usamos nas fábricas", conta.

O presidente do Sindimetal de Londrina, Valter Orsi, explica como poderá ser garantida a responsabilidade compartilhada no setor. "Quem compra o meu produto deverá assinar que é responsável por ele por 8 anos, por exemplo. Na nota fiscal, deve estar escrito que, após esse prazo, a minha indústria passa a ser responsável por recebê-lo de volta", declara.

Ele considera o assunto "muito importante" e diz que a logística reversa poderá ter repercussão no processo industrial, inclusive com troca de matéria-prima. "Na hora de fabricar, eu vou ter de pensar com e em quanto tempo esse material vai ter de retornar para mim. E também se não é possível utilizar uma matéria-prima alternativa que facilite esse processo", ressalta. De acordo com ele, o sindicato irá apresentar uma proposta concreta ao governo até 29 de janeiro.

Presidente do Sindimetal de Curitiba, Alcino de Andrade Tigrinho, diz que os empresários do setor "têm nível de conscientização elevada" e que, em seus processos produtivos, estão "próximos do limite possível" em termos de sustentabilidade. Ele considera que a proposta de logística reversa deve partir dos empresários e deu um recado ao governo. "Não podemos concordar que alguém de dentro de um escritório possa colocar amarras no setor produtivo", declara.

Para o presidente do sindicato em Maringá, no entanto, o trabalho está sendo feito a quatros mãos entre governo e indústrias. "Temos a sorte de estarmos nesse processo, conversando com o governo para achar o melhor caminho", destaca Pedro.

Os três industriais participaram de uma entrevista coletiva ontem no Sindimetal em Londrina, junto com o secretário estadual do Meio Ambiente, Luiz Eduardo Cheida, e o coordenador estadual de Resíduos Sólidos, Laerty Dudas.

Sindimetal PR

http://www.folhaweb.com.br/img/2013/11/img_117.jpg

FONTE: FOLHA DE LONDRINA, Por Nelson Bortolin

Índice de Notícias

Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico do Estado do Paraná
© SINDIMETAL/PR 2003