KAIZEN ZERO É TEMA DE PALESTRA NO SINDIMETAL/PR

SAM_2201

Kaizen é um método, baseado nos princípios orientais, e que pode ser aplicado tanto na vida pessoal e familiar, quanto no ambiente de trabalho. Neste último, consiste em eliminar ações que não agregam valor ao processo produtivo de uma organização, buscando a melhoria gradual e contínua do ambiente de trabalho, contribuindo para o aumento da produtividade e da qualidade dos produtos. Este método denominado K0-Kaizen Zero foi debatido durante a palestra do psicanalista, pós-graduado em Desenvolvimento de Recursos Humanos pela FGV e consultor empresarial, Wilson Pedreira de Cerqueira Filho, realizada na última quinta-feira (07/04), na sede do SINDIMETAL /PR.

Segundo Wilson, a utilização do Kaizen exige um grande comprometimento de todos que fazem parte da organização, desde o presidente até os trabalhadores do chão de fábrica, de maneira a melhorar a forma de executar o trabalho com maior envolvimento de todos.

“O Kaizen Zero não visa apenas o bem da organização mas, principalmente, o bem de quem dela faz parte. O método ensina como lidar com as pessoas sem criar assédio moral, sem criar problemas. As empresas estão cheias de assédio moral. Chefes tratando mal seus subordinados, colegas de trabalho tratando mal seus pares, reuniões onde um grita com o outro. No Kaizen nós aplicamos uma metodologia de relação”, afirma.

Segundo o psicanalista, para desenvolver o método na empresa é preciso que alguns princípios sejam observados e, entre eles destaca-se:

  •  o trabalho coletivo prevalecerá sobre o individual;
  • dar prioridade às pessoas: o colaborador é reconhecido como o elemento de grande importância na organização;
  • o colaborador é estimulado a direcionar sua atividade para as metas do grupo.

Porém, aprimorar um sistema é muito trabalhoso e exige um investimento diário, ou seja, há que se pensar no seu objetivo todos os dias.

“Existe uma lei da física denominada Entropia, a qual explica que aquilo que é natural no universo é a desordem. Por exemplo, se eu fechar uma sala por 10 anos, quando eu abrir novamente ela estará toda suja, porque ela não se varre sozinha. Todo os sistemas como marido/mulher, pai/filho, chefe/subordinado, tudo entra no processo de desordem natural. Se você não investir num trabalho, pela entropia vai se desorganizar e desaparecer. Portanto, se você quer aumentar a produtividade da sua empresa, por exemplo, precisa pensar em produtividade todos os dias. Aquilo que você não pensa você não fala, e se você não fala, você não age”, finaliza.