6ª REUNIÃO DO CONSELHO GESTOR DE LOGÍSTICA REVERSA DO SETOR METALMECÂNICO – INPAR PARTICIPA APRESENTANDO AS SUAS ATIVIDADES

logistica montagem

O Conselho Gestor de Logística Reversa do Setor Metalmecânico se reuniu na última quinta-feira (09/11) para dar sequência às atividades do cronograma de ações previstas no Plano de Logística Reversa (PLR), apresentado à Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema). Foi a sexta reunião do Conselho Gestor, realizada desde a sua instalação.

Na oportunidade foram debatidos vários assuntos, dentre eles a realização de palestra às empresas de cada um dos Sindicatos sobre a Logística Reversa, apresentação da cartilha informativa impressa, específica para o setor, cujo conteúdo conscientiza as empresas sobre os princípios, importância e necessidade de implementação da Logística Reversa e para o descarte correto dos resíduos industriais, o estabelecimento de parcerias para implementação da Logística Reversa.

Abrindo a reunião, a equipe do INPAR (Instituto Paranaense de Reciclagem), composta pelo seu presidente, Rommel Barion, pelo engenheiro e responsável pela apresentação dos aspectos técnicos, Paulo Henrique Quintiliano Moura, e pela senhora Simone Marques, responsável pelas tratativas comerciais do INPAR, comentou sobre as atividades do instituto.

Criado em julho deste ano, fruto da uma inciativa conjunta entre FIEP e mais seis sindicatos – Sincabima, Sindicarne, Sindiavipar, Sinduscafé, Sinditrigo e Sipcep, o INPAR tem como propósito estabelecer e implementar sistemas de logística reversa com foco nas embalagens pós-consumo, desenvolvendo ações que minimizem os impactos das atividades industriais ao meio ambiente e destinando adequadamente os resíduos sólidos gerados.

“Nosso trabalho começou em 2014, com a assinatura do termo de compromisso com a SEMA. Foram três anos de reuniões mensais e de união de esforços para darmos início às atividades do instituto”, diz Barion.

Durante a apresentação, o engenheiro Paulo Quintiliano, fez uma breve apresentação sobre os conceitos da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e apresentou estudo em logística reversa para embalagens, que é o objeto das ações do INPAR.  Quintiliano apontou, ainda, os principais desafios da implantação da Logística Reversa no Estado, trazendo subsídios importantes para o Conselho Gestor.

O Conselho Gestor do Plano de Logística Reversa Metalmecânico vai estar analisando a viabilidade de estabelecer parceria com o INPAR para a correta destinação das embalagens pós consumo das empresas do setor. Para tanto será desenvolvida uma enquete para identificação do tipo de embalagens, quantidades, etc. geradas pelas empresas.

Participaram da reunião do conselho representantes dos SINDIMETAIS Apucarana, Campo Mourão, Londrina/Norte, Paraná, Pato Branco/Sudoeste e Ponta Grossa.