SINDIMETAL /PR REALIZA SOLENIDADE DE POSSE DA NOVA DIRETORIA

266

A sede do SINDIMETAL/PR foi palco, na última sexta-feira, dia 11 de maio, da cerimônia de posse da nova diretoria do sindicato, que irá comandar a entidade pelos próximos quatro anos. A solenidade reuniu representantes da Federação das Indústrias do Estado do Paraná, além de lideranças industriais e sindicais no Estado.

O presidente eleito, Alcino de Andrade Tigrinho, oficializou o ato da posse assinando a ata, o que também se deu pelos demais diretores empossados no curso da festividade. Em seu discurso, Tigrinho agradeceu a presença de todas as autoridades e convidados e prestou uma grande homenagem a um dos diretores e ex-presidente da casa que mais contribuiu para o desenvolvimento do sindicato, Luiz Antonio Borges (in memorian).

“A vida associativa torna o trabalho do empresário mais leve, pois, podemos sugerir ações de mudança e melhorias, dividir nossos problemas, aprender com as soluções dos outros e crescer enquanto coletividade. Dentro de uma entidade de representação empresarial não existem concorrentes e nem inimigos. Isso deve ficar para o mercado. Dentro das entidades deve existir parceria empresarial, na qual todos resolvem seus problemas comuns de forma coletiva. Não importa o tamanho da sua indústria, no SINDIMETAL/PR todos têm voz, vez e espaço”, declara. Esse texto, citado por Tigrinho em seu discurso, foi originalmente escrito pelo saudoso companheiro e amigo Luiz Antonio Borges e publicado no jornal do Sindimetal em abril de 2015. Luis faleceu em julho de 2015.

O presidente comentou, ainda, sobre o momento de transição que o país atravessa: “Estamos vivendo um período de transição. Portanto, temos que repensar e planejar o futuro. Aprendemos, ao longo da nossa vida, que as crises podem ser transformadas em oportunidades. E, nesse sentido, teremos o maior desafio pela frente: o de reinventar a nossa entidade”, afirmou.

Tigrinho também fez questão de agradecer todo o corpo diretivo da entidade, os colaboradores e, em especial, o apoio dispensado por seus familiares nesses oito anos em que preside o SINDIMETAL/PR.

“Quero agradecer a minha diretoria, que esteve unida no enfrentamento a esse período difícil de lutas e desafios. Agradeço a equipe do Sindimetal pelo trabalho realizado. Agradeço aos novos diretores que aceitaram o convite para compor esta diretoria e que terão como responsabilidade reinventar o SINDIMETAL/PR – o nosso grande desafio. E quero, por fim, agradecer a minha família – vocês são os pilares que sustentam a minha vida”, finalizou Tigrinho.

O vice-presidente da Fiep, Hélio Bampi, desejou muitas conquistas e sucesso para a diretoria eleita e aproveitou para presentear cada diretor empossado com pins ofertados pela Federação.

“Parabéns por essa conquista, que vem por mérito de quem assume a presidência de um sindicato industrial e isso significa dedicar-se com afinco ao desenvolvimento de uma indústria sustentável, aumentando a sustentabilidade do setor e, por tudo isso, o Sistema Fiep tem orgulho de ser seu parceiro”, diz Bampi.

 

Novos diretores

A chapa eleita é composta por seis vice-presidentes, seis conselheiros fiscais e quatro delegados representantes junto a Federação das Indústrias do Paraná (FIEP), e está assim composta:

 

DIRETORIA

 

Presidente: ALCINO DE ANDRADE TIGRINHO

1º Vice-Presidente: DANNY JOÃO BERTÉ

2º Vice-Presidente: JOSÉ LUIS RAUCH

3º Vice-Presidente: GUIDO LARSEN

4º Vice-Presidente: ADALBERTO BOFF CARDOSO

5º Vice-Presidente: CARLOS BENECKE

6º Vice-Presidente: JULIO CESAR MACIEL

 

CONSELHO FISCAL

 

EFETIVOS                                                                    SUPLENTES

EDWARD BORGO                                                 RUBEN RUMPI CAETANO

DANTE LUIZ PANGRÁCIO                                      CLEUBER LODOVICO

BERNARDO LUIZ COELHO                                      MARCELO APPI MARCOS

 

DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO À FIEP

EFETIVOS                                                                          SUPLENTES

ALCINO DE ANDRADE TIGRINHO                            JOSÉ LUIS RAUCH

DANNY JOÃO BERTÉ                                            EDSEL ROLF SCHWARZ

 

Entre as responsabilidades dos novos membros da diretoria do SINDIMETAL/PR estão: a representação da entidade sindical junto a Federações e Confederações, Governo e entidades diversas; a representação e defesa dos interesses das indústrias do setor metalmecânico junto aos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário; a participação nas reuniões mensais de Diretoria do Sindicato, entre outras.

 

ATUAÇÃO

300

Reeleito para o seu terceiro mandato como presidente do SINDIMETAL/PR, Alcino de Andrade Tigrinho é sócio-diretor da empresa Metalus Indústria Mecânica Ltda. Como presidente do SINDIMETAL/PR vem realizando uma administração pautada no respeito e compromisso com as indústrias do setor metalmecânico.

Administrativamente, os recursos financeiros são geridos com responsabilidade e transparência. Do ponto de vista corporativo, primou pela valorização do associativismo e pelo fortalecimento do setor.

Na área trabalhista, a entidade foi fundamental, garantindo suporte necessário às empresas e participando ativamente de questões relacionadas às negociações coletivas e demais questões que impactam nas rotinas administrativas das indústrias.

Vislumbrando uma oportunidade de trabalhar a questão da logística reversa e da destinação correta dos resíduos sólidos do setor metalmecânico, durante a gestão de Tigrinho, o sindicato, juntamente com outros Sindimetais do Estado, estabeleceu um Plano de Logística Reversa do Setor Metalmecânico do Paraná, alinhado aos termos do Edital de Chamamento da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado do Paraná (SEMA).